Depois de alcançar a maior votação na campanha Cityzens Giving, promovida pelo clube de futebol inglês Manchester City, a love.fútbol levará sua metodologia de fortalecimento comunitário através do futebol para a Cidade do México. A ação disponibilizou recursos doados pelo City Football Group (CFG), que gerencia o ManCity, para financiar projetos das seis organizações finalistas de um processo seletivo global. A distribuição dos recursos é definida de acordo com a votação do público. Com o resultado, a love.fútbol estabelece uma parceria de dois anos com o clube.

Veja vídeo da campanha:

"Ficamos muito felizes com o engajamento na campanha. Pessoas do mundo inteiro acreditaram no nosso projeto. O melhor é que, com esse resultado, poderemos fazer não só um, mas três projetos na cidade: um este ano e os demais em 2018", comemorou o Diretor de Operações da love.fútbol, Manoel Silva. O projeto esteve em votação online, nas redes sociais e no site do ManCity; e presencial em jogos dos times do CFG, junto com propostas de outras cinco organizações dos Estados Unidos, China, Indonésia, Austrália e Inglaterra. "Assim como acontece com nossos projetos, essa conquista foi fruto de um esforço coletivo de uma comunidade de fãs do futebol e de pessoas que, como todos que fazem a love.fútbol, acreditam no impacto positivo do esporte na vida de crianças e jovens", afirmou Silva.

El Coyol

A primeira comunidade da Cidade do México a receber o projeto é El Coyol, no departamento de Gustavo Madero. Em parceria com a organização local Jóvenes Constructores de La Comunidad (JCC), a love.fútbol vai reformar uma quadra ao mesmo tempo que jovens líderes da comunidade são capacitados para o mercado de trabalho do setor de construção civil.

Pronta, a quadra servirá como plataforma para desenvolvimento de outros projetos sociais e área de lazer comunitária. Um projeto de escolinha de futebol social também será implementada em El Coyol, com duas sessões de treinos semanais, para 400 meninas e meninos. A estimativa é que o projeto possa alcançar até 2.200 pessoas que vivem na região. Para garantir a manutenção do espaço, será formada uma comissão comunitária, em parceria com poder público e comércio local. "É mais do que um lugar para jogar. É um espaço de conexão para crianças e jovens viverem suas paixões e aprenderem habilidades para a vida. Além de um símbolo de conquista coletiva de uma comunidade autora do próprio desenvolvimento", afirmou Silva.


Fique por dentro das nossas novidades!


Contribua com a nossa missão de fortalecer comunidades através da paixão pelo futebol!

Comment