No segundo post da nossa série Paixão Além das 4 linhas, é o jornalista, cronista esportivo e escritor Marcelo Cavalcante que nos traz várias referências futebolísticas para alimentar nossa paixão. Confere aí, que tem várias coisas legais. E se você não viu o primeiro post, aproveita e vê agora também: Futebol Além das 4 Linhas #1 - José Luiz Ratton

Glória roubada - O outro lado das Copas - O jornalista e escritor argentino Edgardo Martiolo acertou a mão nessa obra que faz um relato histórico sobre como os ditadores políticos usaram a Copa do Mundo para disseminar seus regimes totalitários, que resultaram em torturas e mortes. De Mussolini, na Itália, passando por Eduard Streltsov e Hittler, chegando até Emilio Garrastazu Medici, no Brasil, durante a preparação para a Copa do Mundo de 1970. A obra mostra o quanto o futebol tem uma linguagem universal e é capaz de mudar o comportamento das pessoas. No entanto, como Glória Roubada faz apenas relatos nocivos, podemos levantar, então, o questionamento: se o futebol tem essa força, porque não usá-lo de maneira mais incisiva para algo positivo para sociedade, estimulando a prática esportiva nas escolas, por exemplo.

Estrela solitária - Biografia não autorizada de Garrincha. - Obra genial do escritor e jornalista Ruy Castro. O livro conta de maneira emocionante a história de um dos maiores gênios do futebol brasileiro: Mané Garrincha. Da sua infância pobre em Pau Grande, interior do Rio de Janeiro, Ruy conta com detalhes a ascensão desse craque, a conquista do título mundial. Mas Garrincha não soube lidar com a sua fama e o vício do álcool. A forma como Ruy Castro conta a sua degradação é comovente. Um livro indispensável para entender o quanto é difícil lidar com a fama e que a vida de um jogador de futebol é frágil e pode acabar num estalar dos dedos. Por tudo isso, Estrela Solitária foi o livro que me estimulou o desejo de escrever obras sobre o esporte.

Filmes

O milagre de Berna - Filme dirigido por Sönke Wortmann, filme conta a história de um garoto apaixonado por futebol e que vive a repressão do seu pai, em plena Copa do Mundo de 1954, na Suíça. A história emocionante é entrelaçada com o realismo das jogadas geniais daquela copa, conquistada de forma heroíca pelos alemães. O filme é simplesmente lindo. (Esse aqui também foi indicado no número #1 da série. Duplamente recomendado é quase imperdível, hein?!)

Boleiros – Era uma Vez o Futebol (1998) - Ex-jogadores e torcedores se reúnem no bar para relembrar histórias do futebol. Quer coisa melhor para apaixonados por esse esporte? Pois bem, a obra dirigida por Ugo Giorgetti é contada assim, dividida em esquetes, que mistura realidade à ficção e garante a diversão de todos.

Heleno (2011) - Dirigido por José Henrique Fonseca, o filme conta a história de um dos primeiros bad boys do futebol nacional. Heleno era um craque nos gramados, um bon vivant nas ruas do Rio de Janeiro, mas de um temperamento explosivo que acabou corroendo sua vida. Na telona, Rodrigo Santoro teve uma atuação brilhante na pele do ex-craque do Botafogo, que morreu louco num sanatório.

Músicas

Umbabarauma - Jorge Ben é o músico brasileiro que melhor cantou o esporte. E nesse clássico ele conseguiu dosar bem a malemolência do funk, do soul com a ginga do futebol. O riff de guitarra é contagiante.

Meu canarinho - O sambista Luiz Ayrão lançou essa música às vésperas da Copa do Mundo de 82. Virou febre. Além da composição ser belíssima, o futebol ofensivo da seleção comandada por Telê Santana contagiou o brasileiro, que acreditava, cegamente, na época, na conquista do tetra. O título não veio, mas a canção ficou marcada.

Uma partida de futebol - Foi uma pedrada sonora. Um hit que explodiu nas rádios e contagiou não apenas os fãs da banda mineira Skank, mas também os que não apreciavam tanto a banda e muito menos o futebol. Um relato divertido e dançante do que é essa paixão pelo futebol. Confesso que fiquei meio de saco cheio com a sua exaustiva execução. Mas não posso negar que "Uma partida de futebol" fortaleceu essa relação música-futebol.

Tem outras sugestões? Compartilha com a gente nos comentários ou no nosso Facebook.


Primeira vez por aqui? A love.fútbol é um movimento que mobiliza e integra comunidades através do futebol, enquanto elas planejam, constroem e mantém seus próprios campos. Sonhamos com um mundo onde todas as crianças tenham a oportunidade de expressar plenamente sua paixão pelo jogo. Conheça a love.fútbol.


Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e amigas e ajude-nos a espalhar a missão da love.fútbol para mais pessoas! :)


Quer contribuir com a missão de fortalecer comunidades através da paixão pelo futebol?

Comment